quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Fátima lidera para o Governo, Garibaldi e Zenaide para o Senado, aponta pesquisa


A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN) divulgou nesta quinta-feira, 14, pesquisa com intenções de voto para o Governo do Estado e para o Senado Federal, já visando as eleições do ano que vem. A atual senadora Fátima Bezerra (PT) lidera com nove pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT).

Para o Senado, na pergunta estimulada, primeiro voto, Garibaldi Alves Filho tem 15,76%, Zenaide Maia, 12,12%, José Agripino, 6,94%, Magnólia Figueiredo, 2,41% e Tião Couto, 1,41%. A preferência, segundo voto, ficou assim: José Agripino, 6,18%, Garibaldi Alves Filho, 3,12%, Zenaide Maia, 3,12%, Magnólia Figueiredo, 2,59% e Tião Couto, 1,12%.

Confira os números:
Governo do Estado (estimulada)
Fátima Bezerra – 20,29%
Carlos Eduardo – 11,41%
Flávio Rocha – 6,59%
Robinson Faria – 5%
Cláudio Santos – 2%
Tião Couto – 1,41%
Governo do Estado (não estimulada)
Fátima Bezerra – 1,94%
Robinson Faria – 1,18%
Carlos Eduardo – 1,06%
Garibaldi Filho – 0,35%
José Agripino – 0,18%.
Senado Primeiro Voto (estimulada)
Garibaldi Alves Filho – 15,76%
Zenaide Maia – 12,12%
José Agripino – 6,94%
Magnólia Figueiredo – 2,41%
Tião Couto – 1,41%.
Senado Segundo Voto (estimulada)
José Agripino – 6,18%
Garibaldi Alves Filho – 3,12%
Zenaide Maia – 3,12%
Magnólia Figueiredo – 2,59%
Tião Couto – 1,12%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.