domingo, 18 de junho de 2017

Incêndio florestal deixa ao menos 62 mortos em Portugal

fogo novaUm incêndio florestal deixou ao menos 62 mortos e 59 feridos neste sábado (17) no vilarejo de Pedrógão Grande, no centro de Portugal. Muitas das vítimas morreram carbonizadas em seus carros enquanto viajavam em uma estrada. Outras pessoas morreram por inalar fumaça.
Ao menos cinco dos mais de 330 bombeiros que tentavam combater as chamas ficaram feridos e veículos da corporação foram destruídos. As causas do incêndio, que começou por volta das 14h (10h em Brasília), não estão claras. O premiê António Costa disse que o incêndio está relacionado ao clima seco e que ficou chocado pela “dimensão da tragédia”. “Tenho a certeza que todos os meios foram usados e que todas as forças têm dado o seu melhor.”
Neste domingo (18), o governo português decretou três dias de luto nacional. A agenda do presidente Marcelo Rebelo de Sousa foi suspensa até terça (20).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.