quinta-feira, 25 de maio de 2017

Fraude na licença ambiental do IDEMA-RN poderá interditar o “Parque eólico Iracema”, de Macau

parqueIDEMA-RN, sob investigação do MP e da justiça, liberou em 2011 licença ambiental para a construção do parque eólico de Iracema, em Macau, RN, mesmo com denuncia de fraude comprovada na Escritura Pública, que instruiu o pedido inicial da licença ambiental.
Essa é mais uma denuncia de  irregularidade na administração do IDEMA-RN, órgão cujos dirigentes estão envolvidos em escândalo de corrupção, já no âmbito da justiça.
Houve impugnação administrativa, a época, com a devida comprovação documental da ilegalidade e fraude da escritura, porém “influências políticas” no IDEMA-RN forçaram a liberação, “a toque de caixa”, da licença para a construção do parque eólico, dividido em três grupos (I,II e III).
Consta que a fraude da escritura corresponde ao parque eólico Iracema II.

Existiriam outras informações sobre pressões e responsabilidades, forçando a aprovação dessa autorização ambiental do parque eólico Iracema, inclusive, na delação premiada autorizada para a apuração de atos ilícitos no IDEMA.
Falam-se em outros casos de licenças “graciosas”, autorizadas pelo IDEMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.