segunda-feira, 22 de maio de 2017

Fé em Santa Rita de Cássia leva milhares de pessoas para Santa Cruz neste domingo

21maio2A fé e a devoção a Santa Rita de Cássia levaram  milhares de pessoas para a cidade Santa Cruz, localizada na região do Trairi potiguar. Neste domingo, véspera do encerramento das comemorações alusivas à padroeira da cidade. Cerca de 228 ônibus de turismo, além de uma expressiva quantidade de carros particulares, transportaram, desde as primeiras horas da manhã do domingo, mais de 20 mil visitantes, que foram rezar, pagar promessas ou conhecer o complexo turístico religioso de Santa Rita de Cássia, onde se localiza a maior estátua católica do mundo, com a imagem da  "Santa das Causas Impossíveis".
21maio1O resultado do grande fluxo turístico no município gerou um resultado positivo para a economia local, esgotando a oferta de leitos de hotéis e pousadas da cidade e lotando bares e restaurantes. Além de Natal, os visitantes tem como origem municípios de outras regiões do Rio Grande do Norte e de estados vizinhos, como a Paraíba e Pernambuco.

Além das atividades religiosas, o domingo é marcado pela realização do maior evento social de Santa Cruz, que acontece no pátio da Igreja Matriz, com shows das bandas Comitiva, Jonas Esticado e Mano Walter, artistas consagrados nos principais circuitos de forró.
O encerramento das festividades de Santa Rita de Cássia acontece nesta segunda-feira, 22, com missa no Santuário, presidida por Dom Jaime Vieira Rocha,  Arcebispo Metropolitano de Natal. Às 16 horas será a procissão de Santa Rita de Cássia, que deverá reunir mais de 50 mil fiéis e peregrinos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.