quinta-feira, 2 de março de 2017

Cícero marca três e São Paulo avança com susto na Copa do Brasil para enfrentar o ABC


Resultado de imagem para brasao do sao pauloCom o São Paulo do técnico Rogério Ceni não tem jogo tranquilo neste início de temporada. Nesta quarta-feira à noite, no Estádio do Café, em Londrina, em partida inspirada de Cícero, o Tricolor derrotou o PSTC por 4 a 2 e garantiu a sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil.
O adversário do São Paulo na terceira fase será o ABC-RN,
que eliminou o Audax por 4 a 1 nos pênaltis após empatar por 1 a 1 no tempo normal, no Frasqueirão, em Natal, também na noite dessa quarta.
Apesar de o adversário ainda não ter vencido nem sequer uma partida nesta temporada no Campeonato Paranaense (dois empates e três derrotas), o São Paulo teve dificuldade para abrir vantagem e a defesa voltou a cometer falhas. Por isso, o torcedor são-paulino levou alguns sustos durante o confronto.
Porém, o Cícero, que ainda não tinha balançado as redes nesta temporada, brilhou e marcou três gols. O meio campista é o artilheiro do elenco do São Paulo, com 19 gols (16 marcados em sua primeira passagem pelo clube, entre 2011 e 2012). O peruano Cueva, de pênalti, fez o outro.
O que é PSTC?
Muita gente perguntou qual o significado da sigla PSTC, do time paranaense. Até brincadeiras e comparações com siglas de partidos políticos surgiram. Na verdade, o clube chama Paraná Soccer Technical Center. Com sede em Cornélio Procópio, o time foi fundado em 1995 com a intenção de revelar jogadores. Tal estratégia deu certo, entre os atletas que despontaram na equipe estão o meia Jadson, o atacante Dagoberto e os volantes Kléberson e Fernandinho.
Em casa
Apesar de não estar no Morumbi, o São Paulo contou com o apoio da torcida durante a partida contra o PSTC. Como o adversário é da cidade de Cornélio Procópio, os tricolores eram maioria nas arquibancadas do Estádio do Café, em Londrina. Durante a apresentação das equipes, o mais ovacionado foi o técnico Rogério Ceni.
Capitão Rodrigo Caio
Logo em um dos primeiros lances do jogo, Maicon levou a pior na dividida com um jogador adversário e reclamou de lesão no pé esquerdo. Não demorou e, aos 7 minutos, o capitão foi substituído por Breno. A braçadeira ficou com Rodrigo Caio. Maicon já colocou gelo para dar início ao tratamento fisioterápico no banco de reservas e deixou o campo reclamando de dores no pé e na canela. Por isso, o defensor é dúvida para o jogo de domingo, contra o Santo André, pelo Paulistão.
Sem tempo para comemorar
O São Paulo abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou e o goleiro Juninho espalmou. No rebote, Cícero só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes. No minuto seguinte, o PSTC deu o troco. Carlos Henrique deu belo passe para Lucão, que da esquerda, tirou a bola do alcance do goleiro Sidão.
Golaço
O São Paulo pressionou e tentou ampliar. Com tantas oportunidades criadas, o Tricolor conseguiu marcar o segundo. Após bela troca de passes entre Lucas Pratto e Cícero, o meio campista invadiu a área e fez mais um.
Sossego?
O São Paulo parecia que teria tranquilidade. Cueva deu passe na esquerda para Júnior Tavares, que foi derrubado por Denilson. O peruano Cueva reclamou que havia um buraco no gramado no local que a bola deveria ficar e retardou a cobrança do pênalti. Quando bateu, o camisa 10 chutou no canto esquerdo do goleiro e fez o terceiro. Parecia que o São Paulo teria tranquilidade, mas não demorou para os paranaenses reagirem. Paulinho cruzou da direita, a zaga do São Paulo tentou afastar e, na sobra, Carlos Henrique chutou para o fundo das redes.
Artilheiro
Inspirado Cícero deu, finalmente, calma para os tricolores no segundo tempo. Depois da pressão, dos paranaense, o meia recebeu a bola de fora da área e arriscou o chute, que entrou no canto esquerdo do goleiro Juninho.
FICHA TÉCNICA
PSTC 2 x 4 São Paulo
Competição: Copa do Brasil – 2ª fase Data e horário: 1º/3/2017
Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ)
Cartões: Luiz Araújo, Thiago Mendes e Wellington Nem (São Paulo); Denílson, Lucas Trindade, e Somália (PSTC)
Público e renda: 14.604 pessoas e R$ 750.740,00
Gols: Cícero aos 13 do 1º tempo; Lucão aos 14 do 1º tempo; Cícero aos 35 do 1º tempo; Cueva aos 42 do 1º tempo; Carlos Henrique aos 44 do 1º tempo; Cícero aos 26 do 2º tempo
PSTC: Juninho; Paulinho, Lucas Trindade, Marcão e Guilherme; Santiago, Denilson (Dener), Erick e Pimba (Rone Dias); Lucão e Carlos Henrique. Técnico: Reginaldo Vital.
SÃO PAULO: Sidão; Bruno, Maicon (Breno), Rodrigo Caio e Júnior Tavares; João Schmidt (Araruna), Cícero, Thiago Mendes; Luiz Araújo (Wellington Nem), Cueva e Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni
UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.