sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Polícia do Rio identifica corpo e pede prisão de mulher de embaixador

proxy (3)A Polícia Civil do Rio de Janeiro pediu a prisão da mulher do embaixador da Grécia no Brasil e de um policial militar. O pedido feito à Justiça ocorreu nesta sexta-feira (30) após a polícia identificar que o corpo do diplomata Kyriakos Amiridis, 59, desaparecido havia quatro dias, é o mesmo que foi encontrado carbonizado nesta quinta-feira (29) dentro de um carro sob um viaduto em Nova Iguaçu.
Ainda segundo as investigações, Kyriakos Amiridis teria sido morto na própria casa e, na sequência, seu corpo teria sido retirado do local pelo PM e levado no carro alugado pelo embaixador -o mesmo veículo que foi encontrado em chamas em Nova Iguaçu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.