sábado, 26 de novembro de 2016

Projeto Colmeia Potiguar inicia cadastro de apicultores interessados em receber abelhas

O projeto Colmeia Potiguar, desenvolvido pela Seção Independente de Defesa Ambiental (SIDAM) do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), em parceria com a Emparn e a Escola Agrícola de Jundiaí (UFRN), está cadastrando apicultores interessados em receber, gratuitamente, colmeias de abelhas, resultado da captura realizada pela Corporação

Os interessados devem se cadastrar e preencher a ficha de inscrição, que pode ser obtida por meio do e-mail projetocolmeiapotiguar@gmail.com e deve seguir alguns requisitos para participar do Projeto, como ser apicultor, há no mínimo seis meses, apresentar a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e ser filiado a alguma associação ou cooperativa apícola do Rio Grande do Norte.

Cada apicultor terá direito a até cinco enxames por ano. Atualmente, o apiário conta com 26 colmeias, onde cada colmeia pode variar entre 5 mil a até 80 mil abelhas. Além disso, cada colmeia pode chegar a produzir até 50 litros de mel por ano.

O comandante da Seção Independente de Defesa Ambiental, capitão Jonas Eduardo Ferreira Alves, explica que o projeto Colmeia Potiguar surgiu para aperfeiçoar o trabalho do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte. O capitão Jonas conta que a expectativa é que o apiário chegue a ficar com 50 enxames, sendo que 30 deles serão destinados a apicultores do Estado, e o restante voltado para pesquisas. “Por ordem de sequência de cadastramento, esses apicultores receberão as colmeias. Como temos uma grande demanda de capturas de abelhas, conseguiremos dar uma grande rotatividade ao projeto”.

O Colmeia Potiguar tem como objetivo a preservação do meio ambiente, por meio da conservação dos enxames, responsáveis por grande parte da polinização que ocorre na natureza, e possibilitar a realização de estudos em diversas espécies de enxames, além de fomentar atividade apícola no Estado do Rio grande do Norte. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone do Projeto (84) 98748-0990.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.