quarta-feira, 6 de julho de 2016

Barragem de Oiticica, Reta Tabajara e viaduto da BR-101 serão beneficiados”, diz Felipe Maia após reunião com bancada potiguar

felipe_bancadaEm reunião com a bancada do Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (5), para deliberar a indicação de emendas ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), o deputado federal Felipe Maia (DEM-RN) afirmou que a destinação das emendas será para três pontos importantes do estado, que carecem de investimentos urgentes.
“Sabemos que certas obras são urgentes e necessitam de mais atenção do Governo Federal. A bancada pode indicar três emendas e definimos que serão destinadas para o viaduto da BR-101, na Avenida Maria Lacerda; para a Barragem de Oiticica; e para a duplicação da Reta Tabajara”, afirmou o parlamentar.

Felipe Maia, que é coordenador da bancada do RN, explicou ainda que é primordial os esforços para a manutenção da obra de construção da Barragem de Oiticica. “A nossa intenção é garantir a continuidade das obras e amenizar os efeitos da seca que atinge os potiguares. Já estamos com 46% da obra em execução. A Barragem de Oiticica sempre estará em nossas prioridades”, disse. Segundo o Ministério da Integração Nacional, a obra tem um valor global de R$ 311 milhões, dos quais R$ 292 milhões são provenientes de recursos federais e os outros R$ 19 milhões do governo estadual.
O parlamentar lembra que, na gestão do Partido dos Trabalhadores, os recursos direcionados para essas obras foram contingenciados, o que ele define como “desgoverno”. “O governo criou essa crise e quis sair dela impondo aumento de impostos e ainda o corte de benefícios sociais. Com isso, o RN estava sendo prejudicado”, complementou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.