sábado, 28 de maio de 2016

'Facções do RN são desorganizadas e fracas', diz secretário de Segurança

'Missão Japão': imagem com várias armas foi divulgada nas redes sociais logo após o confronto na comunidade (Foto: Reprodução/Redes Sociais)O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, general Ronaldo Lundgren, se pronunciou na manhã deste sábado (28) sobre uma foto de sete armas de fogo que vem circulando nas redes sociais. A imagem foi atribuída ao conflito ocorrido na noite desta sexta-feira (27) na 'Favela do Japão', como é mais conhecida a comunidade Novo Horizonte, no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal. Na ocasião, um jovem de 20 anos foi morto. Para o secretário, “a foto é uma propaganda interna de uma facção criminosa que não tem efeito nenhum de intimidação”.
Ainda de acordo com o secretário, que enviou as declarações ao G1 por meio de sua assessoria de comunicação, “as facções que atuam no estado são grupos desorganizados e fracos, e que de forma nenhuma as forças policiais mudarão a forma de agir”. A ordem, ainda de acordo Lundgren, “é ir pra cima”.
Ainda na noite desta sexta, logo após o confronto, o secretário desceu as escadarias e caminhou entre becos e vielas da comunidade. Usando colete à prova de balas e escoltado por policiais militares, Lundgren foi até onde estava o corpo e falou sobre o conflito. “Ela (a PM) entrou no local, conseguiu interromper a disputa entre duas facções e está controlando a área. Então esse é o nosso trabalho. É o trabalho que a polícia vem fazendo todo dia. Então a população fique tranquila que a polícia está agindo e vai continuar agindo para manter a paz”, afirmou.

General de Brigada do Exército brasileiro, Ronaldo Pierre Cavalcanti Lundgren assumiu a Sesed no dia 13 deste mês. Ao tomar posse, disse que a segurança pública no Rio Grande do Norte passou um período sem receber a atenção devida. Apesar disso, afirmou que encara com otimismo a nova missão. “Eu vejo que as forças policiais do RN vêm cumprindo a missão e o cidadão que mora aqui deve ter um orgulho muito grande", ressaltou. Foi ele quem comandou, em 2014, a ocupação do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.