segunda-feira, 28 de março de 2016

A entrega do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, protocolado pela OAB

ter oabA entrega do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, protocolado pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) nesta segunda-feira (28/3), foi marcada por um verdadeiro confronto entre partidários da presidente e defensores do impedimento. O Salão Verde da Câmara, por onde a comitiva pretendia passar até o local onde seria feito o registro, virou o palco de uma troca de insultos entre os dois grupos.
Dessa forma, o presidente da OAB, Claudio Lamachia, responsável pelo pedido, cortou caminho pelas escadas e foi pessoalmente, sob forte escolta e protestos, até o protocolo-geral da mesa. Na saída, pregou rapidez no processo de impeachment e pediu serenidade aos brasileiros ao mesmo tempo que criticou os protestos contra o impeachment.

“A sociedade espera celeridade na apuração de todos esses casos. Esperamos serenidade, que as pessoas tenham calma e que esse ódio que está instalado diminua. Não podemos colocar uma classe contra a outra”, afirmou. “Vivemos em um estado democrático de direito e a democracia tem que ser respeitada”, prosseguiu.
Os dois lados entoaram o tempo todo cantos criticando as posições alheias. De um lado, a OAB, que pela manhã tinha dito que não iria fazer nenhum ato na entrega do pedido, levou cerca de 100 manifestantes para o Congresso, na contagem dos presentes. Eles entoaram cantos como “Lula ladrão”, “Ô, o PT roubou” e “A nossa bandeira jamais será vermelha”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.