domingo, 17 de janeiro de 2016

Ministra decide pela soltura do potiguar Abraão Lincoln

abraao PRBA vice-presidente do STJ, Laurita Vaz, determinou, no fim da semana passada, a soltura de oito presos da Operação Enredados, que investiga a concessão ilegal de permissões no extinto Ministério da Pesca, que era comandado por Helder Barbalho.
Entre os beneficiados pela decisão está o ex-presidente do PRB/RN, Abraão Lincoln. Segundo lembrou a Veja, entre crimes ambientais e ilícitos administrativos, os acusados teriam gerado um dano ambiental de R$ 5 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.