sábado, 12 de dezembro de 2015

Grupo pró-impeachment protestará em frente do STF

a charge do STF abre ação penal contra Paulinho da ForçaMinistros do STF (Supremo Tribunal Federal) entraram na mira de movimentos pró-impeachment. Algumas organizações pretendem fazer protesto em frente à corte no dia 16, quando os magistrados vão discutir regras para a tramitação do processo contra Dilma Rousseff. Uma das ideias é instalar um telão e nele passar vídeo em que o ministro Edson Fachin declara apoio à petista na campanha de 2014. A informação é de Mônica Bergamo, na sua coluna da Folha de S.Paulo deste sábado.

Deputados como Paulo Pereira da Silva (SD), o Paulinho, ajudam a organizar a manifestação. Ele é entusiasta do impeachment e integrante fiel da bancada pró-Eduardo Cunha na Câmara.
Fachin, que suspendeu a tramitação do impeachment na semana passada, aparece no vídeo lendo manifesto de juristas a favor de Dilma no segundo turno eleitoral. Diz que o governo dela “jamais transigiu com autoritarismos” nem “tentou alterar casuisticamente a Constituição para buscar um novo mandato”. Pelos motivos elencados, finaliza, “votamos Dilma Rousseff para a Presidência da República”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.