quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Governador conseguiu reorganizar segurança pública, disse Leleu

leleu_coronelO governador Robinson Faria com a intenção de reforçar a Segurança Pública no estado reuniu na manhã de hoje (30), no estacionamento da Arena das Dunas, lideranças políticas, secretários, militares, lideranças comunitárias e demais auxiliares para fazer o lançamento da Operação Verão 2016. Além de investir R$ 1,8 milhão, para garantir a segurança na Região Metropolitana e no interior do Estado, Robinson entregou as chaves de centenas de veículos novos e motocicletas.

A operação verão 2016 reúne ações da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SESED), com a colaboração dos demais órgãos do Estado, inseridos nesse trabalho. O vereador Leleu Fontes acompanhou o comandante do 6º BPM, coronel PM Romualdo Borges, que recebeu uma nova viatura para Caicó e região
.

“Melhorar a Segurança Pública é o maior desafio de Robinson, pois é uma exigência da sociedade norte-rio-grandense. Nesse primeiro ano do seu governo, ele conseguiu, mesmo enfrentando as dificuldades de ordem econômica, direcionar recursos para profissionalizar, equipar, reorganizar o serviço de segurança pública, aprimorando a gestão e valorizando as demandas”, avaliou Leleu.
Ainda segundo Leleu Fontes, “o exemplo disso foi o relatório apresentado pela secretária estadual de Segurança Pública, Kalina Leite, que, no discurso do governador Robinson Faria, reconheceu o esforço, o compromisso, o engajamento da equipe e a força do trabalho dos policiais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.