sexta-feira, 11 de setembro de 2015

CBF pede à Fifa para usar vídeos em lances duvidosos

A CBF pediu à Fifa uma autorização para poder utilizar um árbitro de vídeo em seus campeonatos a partir de agora. O novo juiz ficaria ao lado do campo assistindo ao jogo de uma televisão e ajudaria nas decisões de lances polêmicos. O pedido da utilização da tecnologia foi feito nesta quinta-feira (10) pelos clubes, em reunião na sede da entidade, no Rio de Janeiro.
O presidente Marco Polo Del Nero ligou para alguns clubes nesta sexta-feira (11) para comunicar que a chance de ter essa mudança é bastante grande já nos próximos dias.
“Vai funcionar da seguinte forma: o árbitro ficará assistindo à partida e intervirá com o objetivo de diminuir os erros que estamos acostumados a ver. Estamos muito esperançosos de que a Fifa vai autorizar”, explicou Walter Feldman, secretário-geral da CBF.
Na reunião de quinta (10), dirigentes lembraram que uma experiência semelhante com auxílio de vídeo já foi feita na Holanda.

Um dos dirigentes que recebeu o aviso de Del Nero foi o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno.
“Não sei quando vai começar a usar no Brasileiro, mas vai ser uma mudança muito grande”, afirmou o dirigente do clube mineiro.
Além dessa mudança, a CBF vai anunciar mais duas novidades: um estudo para dar início à profissionalização dos árbitros e também a inclusão de cinco clubes na comissão de arbitragem brasileira.
POLÊMICAS
Levantamento feito pela Folha de S.Paulo na semana passada mostrou que, até a 22ª rodada, este Brasileiro teve pelo menos 25 erros de arbitragem evidentes em momentos decisivos das partidas. O número representa, em média, mais de um erro por rodada (1,13).
Após as partidas da quarta-feira passada, a CBF afastou cinco auxiliares e um árbitro envolvidos em lances polêmicos.
O bandeira Fábio Pereira, um dos afastados após marcar impedimento inexistente em gol do Fluminense contra o Corinthians, disse em entrevista à Folha que “prejudicou a competição” e que esse foi o grande erro de sua carreira.
Folha Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.