quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Sítio Novo/RN: Vereador Adegilson(Gi) busca apoio em Brasília para modernizar Câmara Municipal

vereadores_ilbNa tarde desta quarta-feira (19), os presidentes das câmaras municipais de Caicó e Sítio Novo estiveram na sede do Interlegis/ILB em Brasília, para estreitar laços e fechar uma parceria com o Programa para desenvolver ações de modernização nas casas legislativas do Estado.
Recebendo-os em nome da instituição, o servidor Luís Fernando Pires Machado propôs um evento do Interlegis para a região com o objetivo de apresentar os produtos oferecidos pelo programa, que buscam levar mais eficiência e transparência às Câmaras. O vereador Nildson Dantas, presidente da Câmara de Caicó e vice da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM-RN), declarou que o objetivo da parceria é obter o apoio necessário para modernizar e atualizar o parlamento municipal. Esta parceria, segundo ele, vai qualificar e preparar melhor os vereadores e as próprias casas da região.
Segundo Nildson Dantas, a FECAM pretende levar cursos de qualificação, além dos produtos tecnológicos, como o PORTAL Modelo para internet e o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) para as câmaras que ainda não têm acesso ao Programa. Para o presidente da Câmara de Sítio Novo, Adegilson de Souza, deverão ser feitos encontros com a finalidade de capacitar vereadores e funcionários. “Também está prevista a criação dos sites das câmaras a custo zero. A minha câmara ainda não tem o portal modelo. Será um avanço para a transparência no município”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.