domingo, 19 de julho de 2015

Mulher ofende PM negro no DF ao ser pega com maconha: 'Sua cor diz tudo'

Mulher flagrada com cigarro de maconha que teria ofendido militar negro em Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Flagrada usando drogas, uma mulher acabou presa no Distrito Federal por ofensas raciais ao policial negro que a abordou. "Você tem que se desfazer desse cigarro de maconha na minha frente, porque senão você vai levar para casa e vai fumar. A sua cor já diz tudo", teria dito ao policial. Ela também teria agredido e arranhado o pescoço de uma militar que tentou revistá-la. O caso aconteceu nesta sexta-feira (17), na região administrativa de Santa Maria.
A mulher, que é casada com um homem negro, estava na praça da QR 309 quando foi abordada. Além do cigarro de maconha, ela tinha uma pequena porção da droga. O sargento Antônio Vantuir Clemente de Souza conta que foi ao local depois de receber uma queixa.

O sargento Antônio Vantuir Clemente de Souza, que conta ter sido ofendido por usuária de drogas no DF (Foto: Polícia Militar/Divulgação)"Fomos acionados para uma denúncia de que tinha um casal fumando tóxico, maconha. Quando eu a abordei, peguei o cigarro de maconha da mão dela. Fizemos o pedido de apoio de uma policial feminina para poder revistá-la, mas a viatura estava demorando a chegar. Aí ela me ofendeu", disse.
O militar conta que se assustou com o comentário e que reagiu. "Você está me chamando de 'negão' maconheiro?", questionou, antes de dar voz de prisão.
De acordo com o sargento, a mulher pediu perdão, mas voltou a fazer ofensas quando a policial chegou ao local e tentou revistá-la. O soldado Marcos Antonio Nogueira da Rocha, que testemunhou as agressões, afirma que a mulher não parava de provocá-los.
"Ela ficava: 'Tem crime mais grave acontecendo e vocês ficando atrás da gente aqui. Vou lá [à delegacia], vou sair antes de vocês, pela porta da frente, e ainda fumo um baseado na delegacia'. Estava de 'pirracinha'. Parecia que queria que a gente se alterasse, perdesse a razão", afirmou o sargento.

Um comentário:

  1. sou branco não tenho preconceito contra
    negro
    na lei de deus ela falou isso e ela vai recer o troco no dia destinado

    ResponderExcluir

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.