terça-feira, 14 de julho de 2015

Governo Federal amplia teto do crédito consignado para 35% da renda

O governo federal editou Medida Provisória que amplia o teto do comprometimento da renda do trabalhador com crédito consignado de 30 para 35 por cento, de acordo com publicação nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

Segundo a MP, os empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) poderão a partir agora autorizar desconto em folha de valores referentes ao pagamento de cartão de crédito, além dos empréstimos, financiamentos e operações de arrendamento mercantil.


Do total do limite de 35 por cento de descontos na folha, 5 por cento serão destinados exclusivamente para a amortização de despesas contraídas por cartão de crédito.
De acordo com a MP, o empregador poderá, com a anuência de entidade sindical representativa, firmar acordo com instituições financeiras que defina condições gerais e demais critérios nas operações de empréstimo que venham a ser realizadas com seus funcionários.

No fim de maio, a presidente Dilma Rousseff havia vetado proposta inicial de aumento do limite de crédito com desconto em folha para 40 por cento alegando que a alta poderia acarretar comprometimento da renda das famílias para além do desejável. As informações são do Portal BOL!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.