terça-feira, 16 de junho de 2015

Sindicalistas são presos depois de protestarem no plenário do Senado

 Seguranças retiram funcionários da Petrobras que protestavam nas galerias do plenário do Senado Federal durante votação de projeto de lei que muda regra do pré-sal em Brasília (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), interrompeu nesta terça-feira (16), por cerca de dez minutos, a sessão de votações depois que oito sindicalistas da indústria petrolífera fizeram uma manifestação nas galerias do plenário principal da Casa. O tumulto terminou com a prisão de três manifestantes. 
Eles foram liberados depois de prestarem esclarecimentos à Política do Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.